Notícias

Regras adotadas para as visitas a residentes

Após um longo período em que as visitas aos nossos residentes tiveram de ser suspensas, ou por imposição da Direção Geral de Saúde, ou por em IC haver algum caso de utentes com a doença Covid 19, consideramos que, depois de administrada à maioria dos nossos residentes a vacina contra a doença, estão agora de novo reunidas as condições para a retoma das visitas.

Com base na experiência anterior e procurando manter o maior cuidado para evitar, a todo o custo, o contágio entre visitantes e visitados e seguindo as orientações das autoridades de saúde, decidimos introduzir pequenos ajustamentos às normas anteriores, que a seguir se enumeram, para vigorarem até que sejam possíveis outros procedimentos.

  1. Residentes capacitados para se deslocarem à sala de atendimento de visitas
    • Retoma das visitas condicionadas, a partir de 10 de março de 2021;
    • As visitas devem ser agendadas previamente, com antecedência mínima de 30 minutos, para o número 925286800, das 9h30 e às 19h00;
    • Cada residente só pode receber a visita de 1 pessoa por semana, por um período máximo de 30 minutos;
    • O horário de início da visita será entre as 10h30 e as 18h30, 7 dias por semana;
    • As visitas serão realizadas de acordo com a ordem de marcação;
    • Os visitantes devem cumprir as medidas de distanciamento físico, etiqueta respiratória, higienização das mãos e uso de máscara;
    • As pessoas com sinais ou sintomas sugestivos de Covid-19, nomeadamente temperatura corporal igual ou superior a 37,5oC, ou que tenham tido contacto com casos suspeitos ou confirmados nos últimos 14 dias, não podem realizar ou receber visitas;
    • Durante a visita não são autorizados contactos físicos, troca de objetos pessoais, géneros alimentares, ou outros produtos vindos do exterior;
    • As visitas serão acompanhadas por um profissional credenciado, que dará apoio e esclarecimento das dúvidas que surjam. Este professional procederá à desinfeção do espaço entre visitas;
    • De acordo com a legislação, Inválidos do Comércio garante um registo de todas as visitas. Os dados registados poderão ser usados no caso de ocorrência de uma situação de contágio que implique o conhecimento de contactos realizados;
    • As visitas decorrerão no átrio de entrada do edifício central, em espaços devidamente preparados para esse efeito;
    • Os visitantes apenas estão autorizados a circular entre a Portaria e o local destinado às visitas;
    • Não existindo instalações sanitárias disponíveis, próximas do local de visitas, as mesmas só poderão ser utilizadas em situações excecionais;
    • Junto do local da visita estarão reservados dois lugares de estacionamento, sendo que cada viatura apenas poderá transportar o visitante.
  2. Residentes em situação de grande dependência
    • Início de visitas condicionadas, também a partir de 10 de março de 2021;
    • As visitas a estes residentes deverão decorrer nos moldes acima descritos com as seguintes alterações;
    • O horário de visitas será das 14h00 às 15h30 e das 17h00 às 18h30, 7 dias por semana. Diariamente apenas serão realizadas visitas a 2 utentes;
    • As visitas serão realizadas no quarto do residente. No caso de quartos partilhados está prevista a separação física. Não será autorizada a circulação para além do percurso estritamente necessário para acesso ao quarto;
    • As visitas serão supervisionadas por um profissional de saúde que dará apoio e esclarecimento das dúvidas existentes, assim como, providenciará a higienização do espaço após a visita;
    • Os visitantes deverão usar equipamento de proteção adequado à visita que poderão ser fornecidos pela Instituição;
    • O acesso a estas visitas será feito pela entrada junto ao Gabinete Médico, onde existirá um espaço próprio para os visitantes colocarem os equipamentos de protecção;
    • Após a visita o equipamento deverá ser depositado em contentor próprio;
    • Estes visitantes deverão deixar a viatura no parque de estacionamento situado nas traseiras da Instituição, na zona do SAD/Auditório.

Lisboa, 6 de março de 2021        A Direcção